Completo pra você

Sexta, 26 de novembro de 2021
MENU

Política

Zé Ricardo faz críticas às politicas ambientais do Governo Bolsonaro

Em reunião preparatória para Conferência sobre as Mudanças Climáticas

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Em função da realização da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP-26), de 1º a 12 de novembro deste ano, em Glasgow, na Escócia, a Câmara dos Deputados realizou nesta terça-feira (26) reunião da Comissão Geral para discutir ações e estratégias para o governo brasileiro apresentar na COP-26. Dentre os principais objetivos da conferencia está o debate sobre a implementação do Acordo de Paris, que é considerado um dos mais importantes compromissos multilaterais para a redução de emissão de gases de efeito estufa no planeta. E um dos macrotemas da participação brasileira será o "Clima e Florestas". 

Durante a reunião, o deputado federal José Ricardo (PT/AM), fez severas críticas à política ambiental do Governo Bolsonaro, Para o parlamentar, o governo prejudica a imagem do Brasil no exterior, uma vez que o país não tem aplicado políticas ambientais efetivas no combate às queimadas e ao desmatamento. E cobrou do governo quais propostas e ações serão apresentadas na COP-26. “O Governo Brasileiro não tem muitas coisas positivas para apresentar. A verdade é que aumentou a devastação do meio ambiente e das florestas, como também as queimadas e a exploração desenfreada da Amazônia sem fiscalização. O mundo inteiro faz um esforço para diminuir as emissões de gases e preservar o meio ambiente, mas Bolsonaro vai na contramão da preservação .
Zé Ricardo ainda chamou atenção para o aumento da grilagem de terras e as constantes denúncias sobre os desmontes das estruturas de fiscalização e defesa do meio ambiente e, principalmente, da Amazônia. Como é o caso da retirada do IBAMA de várias localidades, inclusive municípios do interior do Amazonas, permitindo a exploração desenfreada da pesca, da madeira e o aumento da mineração ilegal e dos garimpos.
 
Sobre o desenvolvimento sustentável, o deputado também afirmou que faltam projetos do governo, como também falta ouvir a população sobre o assunto, sobretudo os povos indígenas e ribeirinhos, que são os mais atingidos pela falta de políticas ambientais no país. “É um descaso total que a gente percebe no dia a dia das ações e omissões do governo atual. Quando na verdade, ao se pensar a Amazônia, deve-se pensar nas enchentes históricas, na população desamparada,  na produção de alimentos necessários para enfrentar a fome da população tradicional da Amazônia. E não podemos esquecer os cortes de recursos para pesquisa e desenvolvimento da biodiversidade, pois a floresta em pé vale muito mais. E temos que levar para uma conferência importante como essa, a importância da Amazônia para o mundo, para o clima, mas principalmente para a população amazônica”, concluiu Zé Ricardo.

Fonte/Créditos: Jane Coelho Azevedo

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )