Portal Namazonia - Completo pra você

Sábado, 21 de maio de 2022
MENU

Amazonas

Vítimas de acidentes de trânsito ganham centro de defesa no Amazonas

O CDVT-Centro de Defesa das Vítimas de Trânsito

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A partir de agora, as vítimas de trânsito de todo o estado do Amazonas, terão uma voz incansável na defesa de seus diretos. O diretor regional do CDVT no Amazonas Adelson Santos explica, que dúvidas quanto aos seus direitos, pode procurar a instituição que terá todo aparato com relação ao não cumprimento das regras em receber corretamente o seu seguro DPVAT. O presidente do CDVT, Lúcio Chama e sua diretora jurídica, Dra. Patrícia Menezes, informaram em live que acreditam na capacidade técnica e na experiência profissional de mais de 15 anos do diretor regional do Amazonas, e do amor que o mesmo tem por essa causa.

O CDVT – Centro de Defesa das Vítimas de Trânsito é uma instituição privada que tem por finalidades:

  • Defender os legítimos direitos e interesses de seus associados;
  • Defender os direitos das vítimas de trânsito;
  • Promover a capacitação, integração e reabilitação profissional para geração de rendas das vítimas de trânsito com deficiência e mobilidade reduzida;
  • Promover a integração à vida social, saúde, educação, cultura e lazer das vítimas de trânsito;
  • Promover ações de prevenção e educação no trânsito;
  • Intervir junto aos órgãos públicos, a fim de conquistar melhorias de qualidade de vida e segurança, tais como sinalização nas vias públicas, acostamentos de ruas, passarelas, asfalto e pavimentações.
  • Assistência jurídica em ações criminais e cíveis, com objetivo de condenação e reparação de danos a vítima.

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, mais conhecido como Seguro DPVAT, existe desde 1974. 

É um seguro de caráter social que indeniza vítimas de acidentes de trânsito, sem apuração de culpa, seja motorista, passageiro ou pedestre. O DPVAT oferece coberturas para três naturezas de danos: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS).

Devido a pandemia, por uma determinação do Conselho Nacional de Seguros Privados, o DPVAT não será cobrado em 2022. Portanto, você não vai precisar se preocupar com esse gasto. Porém, o IPVA e o Licenciamento continuam sendo obrigatórios, cuidado para não perder o prazo. O DPVAT, entretanto, continua existindo. Então, você ainda pode solicitar a indenização.

O pagamento do DPVAT está hoje a cargo da Caixa Econômica que não tem desempenhado com sucesso esta função.

 

Como funciona o seguro DPVAT?

O DPVAT é um imposto obrigatório pago anualmente junto com o IPVA (Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores por qualquer pessoa que tenha um automóvel. Ele oferece três tipos de cobertura  que são asseguradas por um período de até três anos: morte, invalidez permanente total ou parcial e despesas médicas e hospitalares.

Para entrar em contato com o Centro de Defesa das Vítimas de Trânsito no Amazonas basta enviar um e-mail para Centro de Defesa das Vítimas de Trânsito em  adelsonazevedosantos@hotmail.com e somente WhatsApp (92) 99147-3310.

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )