Portal Namazonia - Completo pra você

Sábado, 21 de maio de 2022
MENU

Política

Vice-presidente da Câmara dos Deputados anuncia saída do PL após filiação de Bolsonaro

Ramos destaca que, sempre deixou seu posicionamento claro em relação a Bolsonaro, e que está conversando com outros partidos

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), anunciou na tarde desta terça-feira (7), que irá se desfiliar do Partido Liberal (PL). Para o parlamentar, a filiação do presidente Jair Bolsonaro e do senador Flávio Bolsonaro à legenda comandada por Valdemar Costa Neto foram fundamentais para a decisão de Ramos.

Marcelo Ramos destaca que, sempre deixou seu posicionamento claro em relação a Bolsonaro, e que está conversando com outros partidos, no entanto, nada está definido por enquanto.

Ramos disse que seu "divórcio" é amigável e que isso não vai comprometer o seu cargo de vice-presidente da Câmara dos Deputados uma vez que já foi autorizado por meio de carta do presidente do PL, Valdemar da Costa Neto, e sua saída não implica para que o mandato seja buscado na Justiça pela sigla por infidelidade partidária e que conta com o apoio de Costa Neto, para que permaneça na vice-presidência da Casa.

Marcelo frisa que não é foco dele, neste momento, as eleições de 2022, pois, segundo o vice-presidente da Câmara “tem tempo para isso”. No entanto, revelou que hoje almoçou com o deputado federal Paulinho da Força (Solidariedade-SP), no último final de semana esteve conversando com PSB-AM e ainda com o PDT-AM,  mas que tem tempo para decidir para qual sigla deve enveredar.  

A filiação do presidente da República ao PL abalou a base do partido, que começou a receber reclamações de prefeitos e vereadores que sentiram seus currais eleitorais “invadido” pelos novos filiados, Jair Bolsonaro e seu filho Flavio Bolsonaro.

Marcelo Ramos enfatiza que não concorda que o presidente Bolsonaro seja o melhor para o futuro do país. Que não se trata de nada pessoal, nem tão pouco tem a ver com episódios do 'fundõ' eleitoral. E sim com o fato do novo afiliado que, segundo Marcelo Ramos, só tem aumentado os problemas do povo brasileiro, já que, somente no Amazonas há cerca de milhares de pessoas em extrema pobreza, além da alta nos juros, portanto, insustentável a permanência de Ramos na agremiação.

Marcelo Ramos disse ainda, que mesmo em posse da Carta do líder do partido, ainda assim, vai se respaldar juridicamente, ajuizando uma causa declaratória no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e, assim que tudo estiver resolvido fará o desligamento do PL.

 

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )