Portal Namazonia - Completo pra você

Domingo, 26 de junho de 2022
MENU

Policial

Em Parintins, PC-AM deflagra operação Tupinambarana e prende envolvidos em roubo de 100 mil litros de combustível

Infratores abordaram balsa, subtraíram material e fizeram tripulantes de reféns

Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Parintins (a 369 quilômetros de Manaus), deflagrou Operação Tupinambarana, que culminou no cumprimento dos mandados de prisões em nome de Fernando César Pontes Maia, 63, e Sebastião Pereira Barros Neto, 56, pelos crimes de organização criminosa, roubo e receptação. 

A operação ocorreu na manhã de segunda-feira (07/02), por volta das 8h, e contou com apoio da Coordenadoria de Operações de Recursos Especiais do Amazonas (Core-AM) e Polícia Militar do Amazonas (PMAM). De acordo com o delegado Adilson Cunha, titular da DIP, no dia 28 de janeiro deste ano, naquele município, os infratores subtraíram cerca de 100 mil litros de combustíveis da balsa. 

“Na ocasião, os indivíduos mantiveram cinco tripulantes reféns, além de subtraírem uma lancha e outros pertences. A ação criminosa durou 12 horas, ocasião em que as vítimas foram liberadas”, disse o delegado. Cunha explicou que a operação foi realizada em diversos bairros do município, para identificar e prender os envolvidos. Durante a ação, os policiais conseguiram recuperar 90 mil litros de gasolina, que foram subtraídos pelos criminosos. 

Desfecho – A autoridade policial esclareceu que, durante a ação, os policiais foram recebidos com disparos de arma de fogo por um terceiro envolvido na ação criminosa, Francisco Silva Caldeira, conhecido como “Chiquinho”, que tinha 31 anos. Para se proteger, as equipes revidaram a agressão, e o infrator foi atingido. Ele chegou a ser socorrido e levado a uma unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. 

Decisão judicial – Os mandados de prisões em nome dos indivíduos foram expedidos no dia 4 de fevereiro deste ano, pelo juiz Rafael Rodrigo da Silva Raposo, da 1ª Vara da Comarca de Parintins. 

Procedimentos – Fernando e Sebastião irão responder por organização criminosa, roubo e receptação e ficarão à disposição do Poder Judiciário. 

Créditos (Imagem de capa): Divulgação/PC-AM

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )